Os níveis de treino

Recuperação ativa – Nível de exercício a executar  no dia seguinte a uma sessão exigente. Este exercício suave ajuda na recuperação do corpo.

Resistência – Nível de exercício para construír a capacidade aeróbica básica. Ajuda a fortalecer o coração e estimula o desenvolvimento dos vasos capilares sanguíneos. Faz com que circule maior quantidade de oxigénio para os músculos do corpo.

Utilização – Nível no qual os músculos ficam mais eficientes a absorver e a processar o oxigénio que recebem proveniente do coração e do sistema circulatório.

Limiar da Capacidade – Nível forte. O corpo ainda consegue ser capaz de reprocessar o ácido lácteo produzido como produto colateral de um exercício intenso.

Limite (Capacidade) – Nível muito forte, a que se pode exercitar aeróbicamente. Acima deste nível passa a trabalhar anaeróbicamente, ou seja, deixa de chegar oxigénio suficiente aos músculos.

Niveis de treino
Intensidade Ritmo Cardíaco (% RCM) Índice de conversão
Recuperação ativa  60 – 70 Capaz de conversar normalmente
Resistência 70 – 75 Necessidade de respirar entre frases
Utilização 75 – 80 Necessidade de respirar profundo entre frases
Limiar da capacidade 80 – 85 Necessidade de respirar profundo após 4 frases
Limite > 85 Incapacidade de falar
VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 10.0/10 (3 votes cast)

Os níveis de treino, 10.0 out of 10 based on 3 ratings

Tags: , , ,



Back to Top ↑

Trabalhar níveis de treino
Dieta e alimentação